terça-feira, 31 de janeiro de 2017

A Sucubus que saiu da Playboy

Todos conhecem a "arte pirata de Greg Bell", certo?

De acordo com Mike Mornard, as arte de Bell era horríveis, a ponto dele questionar Gygax do motivo de ter escolhido este artista (que na época, era um adolescente ajudando o amigo com seu jogo maluco). A resposta foi simples: "Porque Greg trabalhava a 2$ por ilustração".

Insatisfeito, Mornard encontrou Sutherland no SCA, um grupo internacional dedicado a preservar e estudar costumes principalmente da Europa medieval (muitos escritores famosos como Diana Paxson , Poul Anderson  e Steve Jackson - pelo menos, o americano- faziam/fazem parte). Assim, o contato com Gary foi feito e fomos presenteados com algumas artes de David Sutherland.

Bom, o motivo dessa postagem na verdade nem tem bem a ver com isso, mas como adoro descobrir coisas da história do D&D, estou compartilhando com vocês.

A Succubus desenhada por Sutherland, no MM do AD&D 1ed foi inspirada na garota do poster da Playboy de maio de 77, Sheila Mullen. Concluímos, então, que de certa forma, devemos agradecer a arte pirata de Greg Bell.




8 comentários:

  1. Eita Succubus horrorosa que ele fez também né.

    ResponderExcluir
  2. Hahaha, legal essa informação dos bastidores de D&D

    ResponderExcluir
  3. muito boa essa Sheila... digo matéria. kkkk

    ResponderExcluir
  4. A Playboy teve uma influência muito grande sobre o que foi produzido na década de 70. Na computação gráfica, temos uma imagem clássica usada para reconhecimento facial e aplicações de filtros que é a Lenna.

    Um dia descobrimos a origem da Lenna (Lena Soderberg). Esse site traz sua história: http://www.cs.cmu.edu/~chuck/lennapg/lenna.shtml

    ResponderExcluir
  5. Dei uma conferida na revista e, de fato, inspiradora!

    E taí o nome da Succubus: Mullen.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim, ta la em cima onde escrevi "Sheila Mullen", eheheh

      Excluir
  6. Sim, eu quis dizer que quando se colocar uma Succubus nas nossas mesas, ela se chamará Mullen.

    ResponderExcluir