quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

A (quase) derrota de Robilar

Encontrei essa história curiosa num velho blog que eu frequentava, o Pied Piper  Publishing.
Ao ser questionado sobre alguma derrota de Robilar (personagem de Rob Kuntz, um dos primeiros jogadores de D&D), Kuntz responde com alguns exemplos. Mas o que eu gostaria de trazer é o seguinte:

"Cheguei numa passagem do Castelo [NT: Greyhawk, presumo] contendo celas. Quando passei por uma, um wight surgiu, e não o vi passando. Ao invés de lutar eu corri adiante (ele me seguiu), e a passagem fez uma curva em U, revelando mais celas, e outro wight que surgira na minha frente. Então, um vindo por trás e um pela frente, e nenhum lugar para correr.
eu era do 3 nível! Vi minha perdição se aproximando, mas então...

A porta do estúdio de EGG abre violentamente, quase me acertando onde eu sentava, e Mary Gygax surge gritando para os céus que "Você está sempre jogando esse jogo!" (isso, é claro, durante oa fase de playtest, ainda não sabiamos o quão bem sucedido o jogo seria, etc, etc).
Ela continua gritando e fecha a porta com uma batida.

Gary simplesmente coloca sua mão na cabeça com a premissa de uma dor de cabeça e me olho nos olhos e diz: "Em 1 ou 2, foi tudo um sonho", e joga um dado e tira um 2. Ufa. Obrigado Mary!

Retornei mais tarde esse favor a Jim Ward e seu pc Bombadil depois de sua derrota nas mãos dos Dark Druids (seu castelo e personagens haviam sido dizimados), e isso é parte da história como escrita."

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Ilustrações Clássicas - Tysiln San e o Vale dos Magos

Voltando com explicações sobre imagens bacanas do D&D da TSR, achei meio sem querer essa aqui. Quer dizer, eu já conhecia  a imagem, possivelmente por causa do Spellfire, mas lendo as explicações da aventura no D&D Classics (DMs Guild, agora), me deparei com a explicação.

Artista:Roger Loveless
Nome*: Vale of the Mage
Cenário: Greyhawk



Tysiln San é uma drow foragida do Vault of the Drow, um lugar nem um pouco amistoso, como o nome sugere. Depois de muitas dificuldades e perigos, ela acaba se tornando protetora do vale. O elefante, por sinal, também serve pra proteger, e possivelmente ele é um dos dois elefantes encantados por um "Animal Friendship".
O vale fica encostado no "Barrier Peaks", o mesmo lugar que a aventura "Expedition to the Barrier Peaks".

Além da drow, temos elfos, elefantes, gnomes, corujas gigantes e um grande numero de criaturas. Torres de guardas, vigias e patrulhas são alguns dos empecilhos de tentar entrar no Vale.

Tysiln aparece pela primeira vez no livro Greyhawk Adventures.


* Muitas imagens não tem nome, ou mesmo, ganham nome após anos de publicação. Por isso, acho melhor colocar o nome do produto, ou um dos produtos, que a imagem aparece.

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

A Sucubus que saiu da Playboy

Todos conhecem a "arte pirata de Greg Bell", certo?

De acordo com Mike Mornard, as arte de Bell era horríveis, a ponto dele questionar Gygax do motivo de ter escolhido este artista (que na época, era um adolescente ajudando o amigo com seu jogo maluco). A resposta foi simples: "Porque Greg trabalhava a 2$ por ilustração".

Insatisfeito, Mornard encontrou Sutherland no SCA, um grupo internacional dedicado a preservar e estudar costumes principalmente da Europa medieval (muitos escritores famosos como Diana Paxson , Poul Anderson  e Steve Jackson - pelo menos, o americano- faziam/fazem parte). Assim, o contato com Gary foi feito e fomos presenteados com algumas artes de David Sutherland.

Bom, o motivo dessa postagem na verdade nem tem bem a ver com isso, mas como adoro descobrir coisas da história do D&D, estou compartilhando com vocês.

A Succubus desenhada por Sutherland, no MM do AD&D 1ed foi inspirada na garota do poster da Playboy de maio de 77, Sheila Mullen. Concluímos, então, que de certa forma, devemos agradecer a arte pirata de Greg Bell.




terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Ilustrações Clássicas - The Gorgon contra Michael Roele

Birthright. Esta ai um cenário fantástico que teve pouquíssimo crédito, graças a uma série de fatores que levaram a TSR pro brejo. Mas como o assunto não é a TSR, vamos falar um pouco dessa cena fantástica!

Artista: Tony Szczudlo
Nome:?
Cenário: Birthright



Resumindo bem, os deus resolveram travara uma grande batalha, reunindo forças de humanos, elfos, monstros, etc, para lutarem ao seu lado. A grande batalha acabou com a morte dos deuses, e sua essência caiu sobre todos os combatentes sobreviventes, o que lhes imbuiu, em forças diferentes, com poderes divinos.

A cena em si é da luta entre Michael Roele, o último Imperador de Anuire, sendo derrotado pelo poderosíssimo regente conhecido como "O Gorgon". No cenário de Birthright, você pode roubar o poder da linha de sangue (de alguém que o possua), aumentando o seu próprio.

Este esquema "Highlander" é um dos chamarizes do cenário, e o Gorgon queria aumentar o seu. Contudo, antes do golpe fatal (não é decapitação, mas perfurar do coração) que transferiria seu poder para a criatura, o último Imperador transfere (sabe-se lá como) seu poder para a própria terra, frustrando os planos do inimigo.

Logo após, Michael seria dividido em dois pela espada do Gorgon.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Ilustrações Clássicas - Khisanth

Não precisaria avisar, mas esse aqui tem muito spoiler!

Vamos lá: temos Khisanth, um dragão negro do cenário de Dragonlance. Ela é tão legal que tem um pocket apenas dela, chamado "The Black Wing". Conta como ela cresceu e se juntou ao exercito de Takhisis, até o ponto fatídico que culmina em seu encontro com os Heróis da Lança. E é sobre este ponto que falaremos.

Artista: Clyde Caldwell
Nome: Dragons of Despair (1984), Captured (1987)
Cenário: Dragonlance

clique para aumentar

clique para aumentar


Khisanth causa problemas na Dragon Army, após acirrada competição de poder. Takhisis a bane para Xak Tsaroth, uma antiga cidade que agora jaz em ruínas. Contudo, seu papel é importante: guardar os Discos de Mishakal, um importante legado divido e um dos motivos da união dos Heróis da Lança.

O combate é letal, e  Khisanth atinge Riverwind (ele nem ta na imagem, ehehe) com seu ácido, o deixando em estado crítico. Não lembro bem dos detalhes, pois li a muitos anos, mas recordo de ser algo meio gráfico, com órgãos aparecendo ou algo assim (ps: parece que ele morre neste momento, pelo que li no DLNexus).

Goldmoon, sua companheira de tribo, cura o pobre coitado, após fugirem do dragão. Mais um monte de coisas ocorrem, e o grupo encontra Khisanth novamente, e nesta oportunidade, é o mago Raistlin quem paga o pato. Contudo, um fogo divido acerta Khisanth, direto do cajado de Goldmoon, e terminando assim com este que sempre foi um dos meus dragões favoritos.

Aliás, é por causa dessa contenda toda que Raistlin consegue o grimório de Fistandantilus, mas essa história é para outra oportunidade!

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Ilustrações Clássicas - o cara tipo Elric


Sempre achei muito massa essa imagem, antes mesmo de fazer ideia de quem era Elric de Melniboné.
Algo nessa espada negra, com brilhos como se tivesse um universo inteiro dentro dela....uau!

Bill Willingham foi um dos primeiros ilustradores da TSR, responsável por várias artes muito inspiradoras, e cheias de movimento. A capa de "S2- White Plume Mountain" (a versão colorida) é de Jeff Dee, e  a contra capa de Bill.


Artista: Bill Willingham
Nome: ??? (1980)
Cenário: Greyhawk




Não tem muito o que contar sobre a imagem, pois o principal não é o homem segurando a espada, mas a espada em si. "Blackrazor" se tornaria uma arma icônica em muitas mesas.
Assim como a "Stormbringer" de Elric, Blackrazor é uma espada inteligente que almeja sugar a alma de seus adversários, deixando seu usuário mais forte.
No fundo, o que parece ser a White Plume Mountain compõe o cenário.

Curiosamente, a espada aparece no jogo Baldur's Gate II, que se passa no cenário de Forgotten Realms. Acho legal imaginar que certos artefatos podem ser interplanares, ou que os cenários são alternativas dimensionais de uma mesma realidade, ou que alguém muito poderoso levou o item de GH para FR...as possibilidades são limitadas pela imaginação do mestre!

Para ler mais sobre o módulo S2 (e os outros módulos desta série), clique aqui.

Curiosidade: a imagem que conhecemos é apenas uma parte do que seria o quadro inteiro. Encontrei esta versão no excelente blog "Black Gate".

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

A capa de "Dave Arneson's True Genius"

Já falei antes sobre este livro (clique aqui), mas hoje descobri que ele inclusive já tem capa.
Não temos outras novidades, mas achei legal postar a capa. O que esperar deste livro?
Ainda não tenho ideia, mas não gostaria que fosse algo cheio de mágoas e ressentimentos, como alguns trechos do livro da Judges Guild.

clique para ampliar